Alimentação e Saúde Oral

Qual a relação da alimentação com a saúde oral?

Em Portugal existem cerca de 1 milhão de portugueses com obesidade e desses muitos sofrem de cárie dentária, doença oral mais prevalente nas crianças e jovens.

Isto acontece porque existe um consumo regular de alimentos e bebidas com açúcar e uma fraca higiene oral. Estas práticas diárias têm grande influência no aparecimento de obesidade e doença oral e consequentemente os problemas dentários poderão impedir o consumo de alguns alimentos protetores da doença, como as frutas, os hortícolas ou os cereais integrais.

É possível prevenir estas situações e por isso, de forma inédita em Portugal, a Direção-Geral da Saúde lança o livro “Saúde Oral e Alimentação”, com linguagem acessível e ilustrações de grande qualidade destinada a todos os públicos, incluindo os profissionais de saúde que trabalham na área.

Neste artigo pode ler o excerto do livro, com dicas que seguramente podem ajudar toda a família:

A alimentação é importante para os meus dentes e para a minha saúde?

Claro que sim! Se fizeres uma alimentação saudável estás a contribuir para a saúde dos teus dentes e gengivas.

Sabias que há alimentos que protegem os dentes?

Pois é! Os alimentos como o queijo, o leite, a fruta e os hortícolas fazem bem aos dentes.

Sabias que os vegetais também podem ser incluídos nos teus lanches?

Por exemplo, experimenta comer cenoura crua, cortada em palitos ou juntar uma folha de alface na tua sanduíche. Que outros alimentos saudáveis para os dentes podem fazer parte do teu lanche?

A cenoura faz bem aos dentes?

Sim! A cenoura e outros vegetais, como a alface, o tomate ou os brócolos, são muito importantes. Se os incluíres nas tuas refeições principais e nos lanches estás a tornar os dentes e as gengivas mais saudáveis. Estes alimentos são ricos em água, fibra, vitaminas e minerais. Como demoram mais tempo a mastigar, produzes mais saliva. A saliva é muito importante porque ajuda a limpar os dentes e a protegê-los das bactérias.

E a fruta, é importante para os dentes?

Sim! A fruta fresca é fundamental para os dentes e para as gengivas. Podes comer fruta com casca, como a pêra e a maçã! Têm mais vitaminas e fibras. Mas atenção, tem de ser bem lavada! Além de comeres fruta ao almoço e ao jantar, experimenta também durante a manhã ou ao lanche! Já reparaste que a fruta e os hortícolas não ficam agarrados aos dentes, depois de os comeres? Pensa noutros alimentos com que aconteça o mesmo.

E o queijo protege os dentes?

Sim! Os lacticínios, como o queijo, o leite simples e os iogurtes não açucarados, têm propriedades protetoras dos dentes. Estes alimentos são ricos em cálcio e fósforo e protegem da cárie dentária.

E os outros alimentos como a carne, o peixe, as leguminosas, o azeite? São bons para os dentes?

As gorduras, como o azeite e os alimentos ricos em proteína, como o peixe, a carne e as leguminosas (exemplo: grão, feijão, ervilhas), fazem parte de uma alimentação saudável e também ajudam a proteger os dentes e as gengivas de várias doenças!

Porque é que o açúcar não é bom para os dentes?

O açúcar serve de alimento para as bactérias que existem na boca. Elas transformam-no em ácido que destrói o esmalte dos dentes. Quanto mais vezes comeres alimentos com açúcar, mais vezes as bactérias produzem esses ácidos, mesmo que comas pequenas quantidades de cada vez! Os dentes precisam de tempo entre as refeições para recuperar os minerais perdidos, depois de cada ataque dos ácidos. Por isso, não deves passar o dia a petiscar!

Sabias que existe açúcar escondido nos alimentos?

É verdade! Alguns alimentos, mesmo sem sabor doce, podem ter açúcar! Por exemplo, o ketchup e o pão dos hamburgers e dos cachorros que, habitualmente, se encontram nos restaurantes de comida rápida. Existem várias formas e nomes para o açúcar. Verifica, nos rótulos das embalagens, na lista de ingredientes, se existe algum destes açúcares: Sacarose, Glicose, Glucose, Dextrose, Frutose, Maltose, Maltodextrinas, Mel, Xarope de glicose, Xarope de milho.

Além do açúcar, há outros alimentos desaconselhados?

Sim! Os alimentos com farinhas muito refinadas, como bolos, bolachas, folhados, batatas fritas, flocos de cereais açucarados, também contribuem para a cárie dentária. Porquê? Alguns destes alimentos têm açúcar mas, mesmo os que não têm, como as batatas fritas, são transformados em açúcar na boca. Além disso, como ficam agarrados aos dentes durante muito tempo, vão causar mais danos!

O que podes fazer?

Deixa estes alimentos para os dias de festa ou para uma vez por semana. Além disso, é importante comê-los apenas no final do almoço ou do jantar. A seguir, deves escovar os dentes! Comer alimentos com açúcar, entre as refeições, faz muito mal aos teus dentes!

Atenção aos sumos e refrigerantes!

Não bebas sumos e refrigerantes todos os dias – deixa-os para as refeições dos dias de festa! Estas bebidas, mesmo que não tenham açúcar, têm ácidos que destroem os dentes. Bebe água às refeições e ao longo do dia! Ajuda a manter os dentes mais limpos!

As pastilhas sem açúcar provocam cáries?

As pastilhas elásticas não são alimentos, por isso não são necessárias para o dia-a-dia. Se, de vez em quando, gostares de mastigar uma, escolhe as que não têm açúcar – têm adoçantes mas não provocam cáries!

Para além dos cuidados com a alimentação, escova bem os dentes, todos os dias!!!

Para manteres os dentes limpos e saudáveis é fundamental que os escoves duas vezes por dia, sendo uma delas à noite, antes de deitar.

A escovagem deve ser feita durante 2 a 3 minutos. Lavar os dentes ‘à pressa’ não dá bom resultado…

Muito importante, também, é usares uma pasta dentífrica com flúor.

Outros artigos:

7 Dicas para ajudar o se filho a escovar os dentes.

Como tratar os dentes das crianças.

12 Alimentos amigos de um sorriso mais saudável.

Fonte: Ordem dos nutricionistas. Site da Direção Geral de Saúde. (online).