Artigos

Periodontite: Sintomas e Tratamentos

A periodontite é uma doença silenciosa e indolor, por isso é importante saber quais os sintomas associados a esta doença e quais os tratamentos adequados.

O que é a Periodontite?

A periodontite é uma evolução da gengivite, que já falamos aqui. É uma doença que afeta o conjunto de tecidos que incluem a gengiva, o osso e o ligamento periodontal, responsável por manter a firmeza dos dentes no maxilar.

É uma infeção que resulta da acumulação de bactérias nos tecidos da cavidade oral. A acumulação de placa bacteriana e tártaro no sulco existente entre a gengiva e os dentes provoca uma inflamação crónica e destrói todos os tecidos que suportam os dentes.

Para além disso, fatores como a predisposição genética, diabetes e tabagismo podem determinar a progressão e a gravidade do quadro.

Sintomas da periodontite:

  • Sangramento espontâneo durante a escovagem, alimentação ou com o uso do fio dentário.
  • Gengivas inchadas, brilhantes, avermelhadas e doloridas.
  • Mau hálito constante.
  • Presença de pus no espaço gengival próximo ao dente.
  • Dentes com mobilidade.

Tratamentos para a periodontite:

Raspagem
Periodontal
É feita a raspagem, na superfície radicular, para retirar o tártaro, placa bacteriana que endurece a superfície dos dentes.
Este procedimento é o principal na abordagem deste problema.
Controle de
placa
bacteriana
É necessário que o paciente continue, em casa, o controle da placa bacteriana através de uma boa higiene oral.
Terapia de
suporte
É uma fase de manutenção, com consultas periódicas que acompanham a resposta do paciente ao tratamento.
Medicamentos para
periodontite
Durante o tratamento, se o médico considerar adequado e necessário, podem ser administrados comprimidos com o intuito de controlar a infeção.

A periodontite pode ter riscos?

A periodontite pode levar à perda dos elementos dentários e consequentemente prejudicar a mastigação, fala e estética do sorriso.

No entanto, é uma doença que pode estar ligada aos seguintes fatores de risco:

  • Desenvolvimento de problemas de saúde, como dificuldade do controlo sistémico em pacientes com diabetes.
  • Complicações durante a gravidez. A infeção periodontal pode levar a um parto prematuro.
  • Doenças cardíacas, como enfarto do miocárdio e aterosclerose.
  • Outras doenças e infeções.

Como prevenir a periodontite?

  • Manter uma boa higiene oral diária.
  • Escovar os dentes de manhã ao acordar, após as refeições e à noite antes de dormir.
  • Usar o fio dentário, para limpar as regiões que a escova não alcança.
  • Fazer consultas no seu médico dentista para controle e prevenção precoce.

Desta forma evita a evolução da doença e as suas complicações. Se a periodontite não for diagnosticada e tratada antecipadamente torna-se num problema complexo, uma vez que, evolui para a perda óssea, os dentes começam a abanar e acabam por cair, tornando a situação irreversível.  

É uma doença que afeta grande parte da população e é responsável pela maior parte da perda de dentes em adultos.

Outros artigos para leitura:

Sintomas das doenças periodontais.

Quais os sintomas da gengivite.

4 Dicas fundamentais para melhorar a saúde oral.

Sintomas das Doenças Periodontais

Periodontologia é a área da Medicina Dentária que se dedica ao diagnóstico e tratamento dos problemas gengivais da cavidade oral.

As doenças periodontais são doenças que afetam os tecidos que suportam os dentes.

Assim, são conhecidos dois tipos:

  • Gengivite – afeta a “parte superior” do periodonto – gengiva.
  • Periodontite – afeta o suporte dentário em profundidade e leva à destruição do osso de suporte do dente.

As doenças periodontais são silenciosas e normalmente indolores, pelo que, numa fase inicial não costumam dar sinal de alerta. Começam com a acumulação de placa bacteriana, que é composta por bactérias, saliva e restos alimentares. Esta placa bacteriana aloja-se no espaço biológico entre o dente e a gengiva e começa a inflamar.

No entanto, existem sinais e sintomas que podem surgir e aos quais os pacientes devem estar atentos.

Quais os sintomas que estão associados às doenças periodontais?

  • Hemorragia durante a escovagem dentária normal.
  • Hemorragia que ocorre de forma espontânea ou durante a mastigação.
  • Gengivas que vão sofrendo retração causando a sensação de ter “dentes mais compridos”.
  • Perda de gengiva entre os dentes com aparecimento de “espaços”.
  • Gengivas com edema e muito avermelhadas.
  • Mau sabor e mau hálito.
  • Alterações na posição dos dentes.
  • Dor ao frio.
  • Dor persistente na gengiva.

Como se pode prevenir as doenças periodontais?

As doenças periodontais podem ser prevenidas através da realização frequente de uma higiene oral rigorosa que inclua a escovagem dentária recomendada (pelo menos 2 vezes por dia) e limpeza entre os dentes com o fio dentário e/ou escovilhão.

Embora a higiene oral adequada seja fundamental é também necessário que a saúde das gengivas seja avaliada com regularidade pelo seu Médico Dentista através de um exame periodontal especifico.

De qualquer forma deve começar com uma adequada higiene oral, no sentido de evitar a evolução destas doenças.

Leia aqui as 4 dicas fundamentais para melhorar a sua higiene oral.